Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2005

Eu e tu

371155.jpg


Olhar para ti ...é o meu vício.


Ouvir os teus sons ...é a minha tranquilidade.


Mergulhar nas tuas águas... é o meu medo.


Flutuar nas tuas ondas... é o meu anseio.


Chegar às nuvens... é o  meu sonho!!


...


Sem me olhares,... percebo a tua expressão.


Sem me falares,...oiço os teus pensamentos.


Sem me tocares,... sei que me queres abraçar


e elevares-me até às nuvens.


EU e TU : Mar e Ilha... nas nuvens!!!


G.A.(biga)


Foto:Roberto Dutra www.olhares.com


 

publicado por biga às 21:29
link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De Anónimo a 13 de Dezembro de 2005 às 11:22
Que coisa mais linda!!!!!! Estou sem saber o que escrever depois de ler isso...Parabéns pela tua sensibilidade.Beijinhos desta amiga...Que saudade das nossas conversas...Marta
</a>
(mailto:mform@portugalmail.pt)
De Anónimo a 11 de Dezembro de 2005 às 16:52
O mar tua fonte de inspiração resultou num poema maravilhoso. Gostei muito. Parabéns. BeijinhoAlma de Poeta
(http://almadepoeta.blogspot.com)
(mailto:Mulher_Mariense@sapo.pt)
De Anónimo a 8 de Dezembro de 2005 às 11:33
AH! VONTADE DE VOCÊ!
Marly Caldas

Ah! Vontade danada!
De estar em seus braços,
Beijar os seus lábios,
Sorver tua boca,
Sentir o teu corpo,
Ficar muito louca,
Ser, por você, amada!

Ah! Vontade maluca!
De tocar seu corpo,
Beijar sua nuca,
Sugar sua língua,
Sentir seu calor,
Da boca, o sabor,
Fazer doce amor,

Ah! Vontade indecente!
Ter você noite e dia,
Terna, doce ou vadia,
Estar em sua mente,
Plantar a semente
Da mais louca paixão,
Abraçá-lo apertado,
Ouvir sempre acelerado
O bater do coração.

Ah! Vontade insana!
De amá-lo no chão,
Na relva, na grama,
Na chuva, na cama,
No carro, na rua,
Ficar toda nua,
No quarto, na sala
E até no quintal.
Na praia, no mar,
Dia e noite lhe amar!

Ah! Vontade sem fim!
De levá-lo à Lua,
Levitar nas nuvens,
Esquecer o mundo,
Mesmo que por segundos,
Ou horas enfim!
De ser sua mulher,
Ouvir que também quer,
Amar-me tanto assim!

Ah! Vontade imensa!
De sentir tua vibração,
Dar toda recompensa
A todo esse tesão!
Sentir os corpos unidos,
Num abraço, comprimidos!
Sentir em ti, meu abrigo,
O pulsar do coração,
Respirações ofegantes,
Corpos em êxtase,
Delirantes!
Carlos
(http://vagueando.blogs.sapo.pt/)
(mailto:c_m_a_n_u_e_l@hotmail.com)
De Anónimo a 7 de Dezembro de 2005 às 08:18
Depois do banho
há brilhos de orvalho
nas costas descobertas

Carinhos dissolvem gotas d´água
e os lábios enxugam
a pele morna

Há recados de mãos
nas pernas que se abrem
na febre
do sangue aquecido no chuveiro



gostei mt do teu blog..ta mt interesante e tem imagens mt bonitas
espero por ti no meu tambem
http://fantasyas.blogs.sapo.pt
deixa la a tua fantasya =)


MARTA
(http://fantasyas.blogs.sapo.pt)
(mailto:marta_ribeiro21@hotmail.com)
De Anónimo a 6 de Dezembro de 2005 às 23:19
Mas é sempre uma delicia visitar-te... Tranquilo e vasto como o mar, sem duvida, deves ter uma personalidade linda... Jinhos ternos migaWoman
(http://perfectwoman.blogs.sapo.pt/)
(mailto:perfect_woman63@sapo.pt)
De Anónimo a 6 de Dezembro de 2005 às 19:17
O Mar está-te no sangue... :) Um beijinho doce, minha querida *Cakau
(http://umparaisonoinferno.blogspot.com)
(mailto:lauracatarina@hotmail.com)
De Anónimo a 5 de Dezembro de 2005 às 16:13
Deliciosas palavras! Geram a vontade de nos unirmos tal qual mar e terra num qualquer imenso e doce céu.
Bostei muito.
Tem uma boa semana...Miguel
(http://vertentespoesia.blogspot.com/)
(mailto:as1140188@sapo.pt)
De Anónimo a 5 de Dezembro de 2005 às 08:09
Mais calma? Espero q sim, eu sei q as coisas não passam de um dia para outro... mas..... olha grita sempre q te apetecer...:)
Um beijo e uma semana melhor q a anteriormar
(http://devaneiosnoar.blogs.sapo.pt/)
(mailto:devaneiosnoar@sapo.pt)
De Anónimo a 5 de Dezembro de 2005 às 07:52
Bonito, gostei!PDivulg
(http://www.lacosazuis.blogs.sapo.pt)
(mailto:pdivulg@sapo.pt)
De Anónimo a 4 de Dezembro de 2005 às 22:14
Chegando o fim de ano o tempo parece ser cada vez mais escasso, inclusive para visitar os sítios que tanto gosto... e amo esse teu sítio, sabes? De todo modo, cheguei! E o que encontro? Uma beleza de poema e uma imagem igualmente bela! Valeu, amiga. Um beijo saudoso.batista filho
(http://ilhamutuns.blogspot.com)
(mailto:ilhamutuns@yahoo.com.br)

Comentar post